• denuncias
  • peticionamento
  • Mediação
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario
    • MAIO-LILAS-2
    • veneno
    • Destaque- Maio Lilás
    • pastoral 2
    • agrotoxico
    • Destinação: IFMT de Tangará da Serra ganha laboratório e instrumentos musicais
    • MPT destina materiais e fardamentos ao 9º Comando Regional da PM de Alta Floresta
    • TRT/MT sedia seminário sobre combate ao trabalho infantil em Mato Grosso
    • MPT participa de Semana de Enfermagem e discute impactos da reforma trabalhista
    • Coordenadoria do MPT seleciona artigos para livro
    • Entidades divulgam Nota de Apoio a projetos de lei sobre aplicação e tributação de agrotóxicos
    • Campanha do MPT divulga conquistas dos trabalhadores obtidas pela atuação de sindicatos
    • Campanha criada pela ANPT quer a valorização do Ministério Público do Trabalho
    • Empregado submetido a condições degradantes de trabalho por mais de 10 anos consegue reparação na Justiça
    • MPT-MT tem novo horário de funcionamento
    • MPT lança Manual de Boas Práticas para promoção de igualdade de gênero no trabalho
    • Parceria entre MPT e Escritório da ONU viabilizará reforma do Centro de Pastoral para Migrantes de Mato Grosso
    • MPT e IFMT firmam parceria para implantar projeto de fazenda agroecológica

    MPT e OAB de Alta Floresta discutem inclusão socioprodutiva dos catadores de materiais recicláveis

    19/06/2019 - O Ministério Público do Trabalho (MPT) participou, no dia 6 de junho, do I Seminário sobre Resíduos Sólidos de Alta Floresta. Organizado pela Comissão de Políticas Públicas da OAB do município, o evento, que teve como tema “Política Nacional de Resíduos Sólidos com Ênfase em Aterro Sanitário”, contou com a presença dos procuradores do Trabalho Ludmila Pereira Araújo e Marcel Bianchini Trentin, e do presidente da Associação dos Catadores de Sorriso, Jhony Reus Scholz.

    Imprimir

    MPT-MT sem expediente nesta quinta e sexta

    19/06/2019 - Conforme dispõe a Portaria nº 146, de 18 de dezembro de 2018, todas as unidades do Ministério Público do Trabalho em Mato Grosso (MPT-MT) terão seu expediente suspenso nesta quinta-feira, 20, devido ao feriado de Corpus Christi, e nesta sexta-feira, 21. As atividades retornarão na segunda-feira (24).

    Imprimir

    Projeto de qualificação de mulheres trans e travestis chega ao fim em Rondonópolis

    14/06/2019 - Um ano e quatro meses após o seu início, chegou ao fim, no dia 6 de junho, o projeto “Realizando Sonhos. TRANSformando Vidas", desenvolvido pelo MPT em parceria com a Obra Kolping, em Rondonópolis. Foram oferecidos cinco módulos: cabeleireira, maquiagem, design de sobrancelha, depilação e massagem. Além dos certificados de conclusão de curso, alunas que solicitaram a retificação de nome e gênero receberam os novos documentos, providenciados pela Defensoria Pública da cidade.

    Imprimir

    “Quando se trata do grupo LGBT, a sociedade é implacável”, diz aluna beneficiada por projeto do MPT

    14/06/2019 - “Acho que a sociedade, os empresários, as pessoas tinham que dar mais oportunidade, visar mais as pessoas menos favorecidas. Não é fácil, nada é fácil, aliás, nada é fácil para ninguém, mas quando se trata do grupo LGBT, a sociedade cobra, é implacável, mas ninguém abre uma porta, ninguém faz igual a esse projeto. Em pleno século 21 ainda estamos naquele atraso”. A fala é Paola Isabelly Silveira Pereira, uma das 13 formandas do projeto “Realizando Sonhos. TRANSformando Vidas", fruto de uma parceria entre o MPT e a Obra Kolping de Rondonópolis.

    Imprimir

    Justiça do Trabalho homologa acordo que destina valor de indenização para obra na UFMT

    Montante é decorrente de processo com pedido de condenação à construtora cuja conduta resultou na morte de um trabalhador na recapagem da BR 364, no Posto Gil

    14/06/2019 - A avenida principal que corta o campus da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) em Cuiabá terá parte de suas obras de recuperação custeada com dinheiro obtido em uma ação civil pública que tramita na Justiça do Trabalho. Cerca de 389 mil reais foram disponibilizados para o serviço.

    Imprimir

    • banner abnt
    • banner transparencia
    • banner pcdlegal
    • banner mptambiental
    • banner trabalholegal
    • banner radio
    • Portal de Direitos Coletivos