Mato Grosso registra um acidente de trabalho com morte a cada três dias

Com foco na prevenção, o MPT promove do dia 25 de abril ao dia 4 de maio, na Assembleia Legislativa, a exposição ‘Trabalhadores’

20/04/2018 - O Ministério Público do Trabalho em Mato Grosso (MPT-MT) realiza na semana que vem a abertura da exposição fotográfica 'Trabalhadores'. A mostra, que será exibida na Assembleia Legislativa de 25 de abril ao dia 4 de maio, reúne mais de 20 imagens e foi projetada como parte das atividades alusivas ao ‘Abril Verde’. A campanha presta homenagem às vítimas de acidentes de trabalho e busca chamar a atenção da sociedade para a importância da prevenção no meio ambiente laboral.

Imprimir

Abril Verde: MPT em Rondonópolis reforça campanha de prevenção a acidentes de trabalho

18/04/2018 - A cada 48 segundos um acidente de trabalho acontece no Brasil. Os dados são do Observatório Digital de Saúde e Segurança do Trabalho e reforçam a importância de ações como as propostas pela campanha “Abril Verde”, que visa alertar a sociedade para a importância da prevenção e contribuir para que as estatísticas, que colocam o país no quarto lugar no ranking mundial de acidentes de trabalho, sejam modificadas.

Imprimir

MPT destina R$ 800 mil para entidade beneficente que presta assistência a menores carentes de Rondonópolis

18/04/2018 - A cervejaria Petrópolis do Centro Oeste, responsável pela fabricação da cerveja Crystal, assinou acordo com Ministério Público do Trabalho em Rondonópolis (MPT) e pagará R$ 800 mil de multa pelo descumprimento de uma sentença judicial. O valor será integralmente revertido para a Casa do Adolescente Sagrada Família (CASF), localizada em Rondonópolis, distante aproximadamente 215 km da capital do estado, Cuiabá.

Imprimir

Brasil pode ser processado na Corte Interamericana de Direitos Humanos por causa da reforma

Denúncias de violações aos direitos sociais, decorrentes da reforma trabalhista, já tem sido analisadas, diz procurador

18/04/2018 - Com o tema “Legislar, avançar e resistir”, uma audiência pública realizada ontem na Comissão de  Direitos Humanos do Senado, presidida pelo senador Paulo Paim (PT-RS), debateu a legislação como forma de proteção aos direitos sociais. No foco das discussões, estavam os retrocessos trazidos pela reforma trabalhista.

Imprimir