• denuncias
  • peticionamento
  • Mediação
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario
  • trabalho escravo
  • MPT obtém liminar contra Pronto Socorro de Várzea Grande; Município tem 60 dias para realizar adequações
  • JBS firma acordo com MPT e pagará indenização de R$ 200 mil; valor será revertido à comunidade de Pontes e Lacerda
  • MPT obtém liminar contra transportadora por conduta antissindical
  • JBS firma acordo com MPT e pagará R$ 650 mil por demissão em massa
  • Eletrokasa deverá pagar R$ 20 mil por descumprir decisão judicial
  • MPE e MPT realizam reunião para retomar Fórum Estadual de Combate aos Impactos dos Agrotóxicos
  • MPT destina R$ 170 mil para ampliação da ala do Teste do Pezinho do Hospital Júlio Müller
  • Operação Deriva II: Mais de 3 mil litros de agrotóxicos e 6 aeronaves são apreendidos no 2º dia de fiscalização em MT
  • Ação Integrada: projeto capacita 38 trabalhadores egressos do trabalho análogo ao de escravo
  • MPT obtém liminar contra Assaí Atacadista para combater assédio moral
  • Revista Direitos, Trabalho e Política Social abre chamada para terceira edição
  • MPT consegue liminar contra Energisa e pede indenização de R$ 5 milhões
  • MPT em Mato Grosso destina R$ 160 mil para reforma do Instituto Flauta Mágica
  • Empresa Sul América é condenada por descumprir cota de aprendizagem
  • MPT exige medidas de proteção contra incêndios em empresas de Rondonópolis e região
  • Procurador-chefe do MPT-MT é reconduzido e toma posse em Brasília
  • Em nota, GAETE-MT critica “descaso” do governo no combate ao trabalho escravo
  • MPT lança aplicativo para facilitar acesso do cidadão à Ouvidoria
  • MPT em Rondonópolis: divulgado edital para cadastro de entidades que poderão ser beneficiadas com destinações
  • Lançada a versão do MPT Pardal para Iphone

MPT participa de ação comunitária em bairro carente de Cuiabá

07/11/2017 - O Ministério Público do Trabalho de Mato Grosso (MPT-MT) participou, no dia 23 de outubro, do mutirão do programa Justiça Comunitária, uma ação integrada que reuniu cerca de 100 parceiros. A entidades ofereceram serviços gratuitos como emissão de segunda vias de documentos, cortes de cabelo, consultas médicas e orientações jurídicas e de saúde bucal. Ao todo, mais de mil pessoas foram atendidas. A ação foi realizada no Centro Comunitário da Capela São Pedro, no bairro Pedra 90.

O procurador-chefe Marcel Bianchini Trentin juntamente com as servidoras Vanessa Manzano, Aressa Fernandes, Carla Matos, Laís Kobayashi e a procuradora Ludmila Pereira Araujo, lotada na PRT 14ª Região; estiveram presentes na ação. Eles distribuíram materiais de conscientização sobre os prejuízos do trabalho infantil e esclareceram dúvidas relativas à atuação no MPT.

Nesta ação participaram, além do MPT, representantes da Defensoria Pública, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), médico, dentistas, Centro de Referência e Assistência Social (CRAS) do Pedra 90, Delegacia da Polícia Comunitária da Policia Civil, Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá, Policiamento Montado Cavalaria, Óticas Lunettes, MT Mama, Céu Azul, Secretaria municipal de Serviços Urbanos.

Informações: Ministério Público do Trabalho em Mato Grosso (MPT-MT)

Contato: (65) 3613-9166 | www.prt23.mpt.mp.br | twitter: @MPT_MT | facebook: MPTemMatoGrosso

Imprimir

  • banner abnt
  • banner transparencia
  • banner pcdlegal
  • banner mptambiental
  • banner trabalholegal
  • banner radio
  • Portal de Direitos Coletivos