Atenção
O atendimento presencial é feito seguindo os protocolos de segurança contra a Covid-19. Antes, ligue e tire suas dúvidas sobre denúncias e atendimento. Veja aqui os telefones.

MPT prestigia lançamento de concurso de desenho sobre trabalho infantil em Alta Floresta

14/06/2022 - O Ministério Público do Trabalho em Mato Grosso (MPT-MT) participou, na última sexta-feira (10.06), do lançamento do 2º Concurso de Desenho da Secretaria Municipal de Cultura e Juventude de Alta Floresta, a 800 km de Cuiabá. O concurso tem a finalidade de estimular a criatividade e a expressividade artística de crianças e adolescentes em idade escolar. Neste ano, traz como tema “Trabalho Infantil”.

As inscrições seguem até o dia 08 de julho e podem ser feitas por intermédio de professores ou diretamente na Secretaria de Cultura. A premiação deverá ocorrer em 5 de agosto. Após este período, os trabalhos ficarão expostos na galeria da Secretaria de Cultura.

A breve cerimônia de lançamento foi realizada no hall do teatro Agostinho Bizinoto e contou com a participação da secretária de Cultura, Elisa Gomes, da procuradora do MPT Daniela Bastos, do professor Sidney Chaves, representando Diretoria Regional de Educação (DRE), da vice-presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Giselia Delatorre, e do diretor pedagógico Nilson Pereira, representando a Secretaria de Educação.

Representando a DRE, o professor Sidney Chaves reforçou o envolvimento com o concurso e destacou que se trata de “evento significativo”, pois permite “falar sobre trabalho infantil, desmistificar a questão de que a criança tem que trabalhar”, acrescentando que “criança precisa estudar, participar de processo educativo, em casa, na sociedade”. Ele frisou que os professores estão empenhados e que a escola é o caminho certo para levar essa reflexão para a sociedade, na voz das crianças.

Para o CMDCA, que atua junto aos órgãos de defesa de crianças e adolescentes, o trabalho que será desenvolvido é de extrema importância para o momento. “O trabalho infantil não é tão visto, tão divulgado, dentro do município. Hoje nós vemos muitos casos de crianças perdendo a infância. Tem uma grande diferença de trabalhos que a criança pode estar executando dentro de casa e o trabalho infantil, no caso a exploração. Então é muito importante que ela saiba o que pode e o que não pode, então, isso vem a agregar ao município”, pontuou Giselia Delatorre, vice-presidente CMDCA.

Diretamente envolvida no concurso, a Secretaria Municipal de Educação, por meio do diretor pedagógico Nilson Pereira, confirmou que todas as escolas da rede municipal já possuem o regulamento e planejamento para o trabalho a ser desenvolvido com os alunos. “É um programa significativo porque vai atender as crianças no sentido de promover reflexão em relação ao trabalho infantil”.

Os desenhos ganhadores serão inscritos na etapa estadual do Prêmio MPT na Escola. Para a procuradora do Trabalho Daniela Bastos, do MPT em Alta Floresta, é gratificante ver o projeto sendo expandido. “O Prêmio MPT na Escola é bastante envolvido com as questões artísticas e com a capacitação da rede na escola para que haja a conscientização das crianças sobre os males do trabalho infantil, a desconstrução do mito do benefício do trabalho infantil e ainda para identificar potenciais focos de trabalho infantil, o que pode ser levado ao Ministério Público do Trabalho por meio de denúncias, tanto pelo Disque 100, pelo site no Ministério Público do Trabalho ou pelo aplicativo MPT Pardal”, explicou a procuradora.

Autor: Eliza Gund

Fonte: Diretoria de Comunicação

Imprimir