Atenção
O atendimento presencial é feito seguindo os protocolos de segurança contra a Covid-19. Antes, ligue e tire suas dúvidas sobre denúncias e atendimento. Veja aqui os telefones.

Projeto desenvolvido com apoio do MPT e da Justiça do Trabalho é destaque em Fórum de Países da América Latina e Caribe

30/03/2021 - O projeto Biblioteca Delivery recebeu novo reconhecimento internacional e tornou-se um dos destaques da última reunião do Fórum dos Países da América Latina e Caribe sobre o Desenvolvimento Sustentável 2021, realizado entre os dias 15 e 18 de março. Cerca de 30 vídeos de seis países foram submetidos para análise durante um evento paralelo intitulado “Superando a exclusão digital em tempos de pandemia: acesso aberto a informações confiáveis sobre Desenvolvimento Sustentável”, uma iniciativa colaborativa do Escritório da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL) no Brasil, Biblioteca Hernán Santa Cruz da CEPAL em Santiago do Chile, Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários (FEBAB) e Centros de Informação das Nações Unidas no Brasil e em Trinidad e Tobago.

Assista ao evento aqui (o projeto de Juína é mencionado em 49:12).

O evento teve como objetivo conhecer e discutir como as bibliotecas podem apoiar o esforço para garantir o acesso à educação e a informações confiáveis de base científica sobre a Covid-19, além de verificar, por meio de vídeos, como esses espaços estão se organizando, na prática, durante a pandemia para promover a inclusão digital.

O Biblioteca Delivery é desenvolvido pelo Município de Juína, no norte de Mato Grosso, e também venceu, no ano passado, o Prêmio Ibero-Americano de Bibliotecas Públicas, na categoria excelência, por se tratar de iniciativa de livre acesso à informação e à leitura, atuando na educação e desenvolvimento. O prêmio recebido foi 15 mil dólares (cerca de 80 mil reais). O projeto contou com o apoio do Ministério Público do Trabalho em Mato Grosso (MPT-MT) e da Justiça do Trabalho, que, juntos, destinaram cerca de R$ 178 mil para sua realização — o valor é oriundo de ações civis públicas movidas pelo MPT na Justiça do Trabalho em face de empregadores que descumpriram a legislação trabalhista.

Segundo seus idealizadores, a particularidade do projeto está no fato de ter sido uma proposta com perspectiva cultural que estimulou muitas famílias, adolescentes e crianças juinenses a permanecerem em casa e a cumprirem as restrições impostas para enfrentamento da Covid-19.

O ex-secretário-adjunto de Cultura de Juína, Adriano Souza, que conduziu a implementação do projeto, relata que a criação do Biblioteca Delivery também buscou contornar diversos problemas decorrentes da suspensão das aulas no município. “Naquele momento, a gente tinha a intenção de resolver um problema local. Nós já havíamos feito grandes investimentos na área de bibliotecas e não queríamos que a pandemia cessasse todos os resultados que estávamos obtendo”, lembra.

A procuradora do MPT Ludmila Araújo, que atuava, à época, na Procuradoria do Trabalho no Município (PTM) de Alta Floresta, foi a responsável pela destinação, juntamente com o juiz do Trabalho Adriano Romero, da Vara do Trabalho de Juína. 

Fórum dos Países da América Latina e Caribe

Países da América Latina e do Caribe participaram da Quarta Edição do Fórum sobre Desenvolvimento Sustentável, realizado em março em formato híbrido, virtualmente e presencialmente na Costa Rica. Na ocasião, representantes de governos, instituições internacionais, setor privado, meio acadêmico e sociedade civil analisaram progressos e desafios da implementação da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável na região.

O Fórum procura evidenciar oportunidades úteis de aprendizado entre pares por intermédio de revisões voluntárias, intercâmbio de boas práticas e discussão de objetivos comuns. As conclusões do encontro serão remetidas diretamente ao Fórum Político de Alto Nível das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, mecanismo de acompanhamento global da Agenda 2030, que se reúne todos os meses de julho em Nova Iorque.

Biblioteca Delivery e BibliÓCA

Com o recurso destinado pelo MPT e pela Justiça do Trabalho, o Município de Juína comprou centenas de livros físicos e digitais, além de jogos educativos, 10 notebooks, equipamentos eletrônicos e um software para integração de todas as bibliotecas públicas do município e utilização dos acervos existentes, inclusive nas áreas rurais e indígenas.

A destinação permitiu a compra de equipamentos de higienização específicos de livros e de uma moto, o que possibilitou a entrega de livros físicos nas residências. Outra demanda contemplada pelo projeto se refere à acessibilidade. Pessoas com deficiência, sobretudo com limitações visuais e locomotoras, são atendidas pelo serviço de entrega em domicílio e pelo sistema de leitura falada. Foram adquiridos dispositivos para permitir também a acessibilidade a pessoas cegas e surdas, como impressora em braile, sintetizadores de voz, tablets, leitores de livros digitais (e-readers), ampliadores eletrônicos (lupa mouse), lupas em régua e lupas manuais. Estão disponíveis ainda diversos jogos de tabuleiro educativos em braile e em libras.

Como contrapartida ao repasse, o Município assinou um termo de compromisso, por meio do qual assumiu a obrigação de manter o sistema de entrega dos livros em domicílio mesmo após a pandemia e de dar ampla publicidade do acervo e dos serviços disponíveis à população.

Para consultar o acervo disponível ou fazer seu cadastro, acesse o site.

Informações: Ministério Público do Trabalho em Mato Grosso (MPT-MT)

Contato: (65) 3613-9100 | www.prt23.mpt.mp.br | twitter: @MPT_MT | facebook: MPTemMatoGrosso | instagram: mptmatogrosso

 

Imprimir