• denuncias
  • peticionamento
  • Mediação
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario
  • gefron
  • rafael paint
  • pastoral 2
  • agrotoxico
  • País gastou R$ 80 bilhões em benefícios acidentários de 2012 até hoje
  • Brucelose: JBS em Alta Floresta é condenada em ação movida pelo MPT
  • MPT e Comitê Multi-institucional entregam viatura ao Corpo de Bombeiro de Alta Floresta
  • MPT ajuíza ação para apurar irregularidades trabalhistas em Centro de Imagem
  • MPT abre inscrições para estágio na área de Tecnologia da Informação
  • Empresa de Sapezal é condenada em ação do MPT por irregularidades no trabalho em altura
  • MPT vai apurar acidentes ocorridos com máquina de embalagem em panificadora
  • Audiência pública debate impactos dos agrotóxicos em Mato Grosso
  • MPT entra na Justiça contra empregador que descumpriu três TACs desde 2015
  • Campanha criada pela ANPT quer a valorização do Ministério Público do Trabalho
  • Trabalho Infantil é tema de palestra em faculdade em Sinop
  • MPT participa de seminário em Alta Floresta e debate direitos das mulheres
  • Empregado submetido a condições degradantes de trabalho por mais de 10 anos consegue reparação na Justiça
  • MPT-MT tem novo horário de funcionamento
  • Parceria entre MPT e Sesp viabiliza pontos de monitoramento com câmeras OCR para intensificar fiscalização na fronteira
  • MPT lança Manual de Boas Práticas para promoção de igualdade de gênero no trabalho
  • MPT quer garantir cumprimento de normas de saúde e segurança em supermercados de Cuiabá e VG
  • MPT em Mato Grosso tem novo procurador-chefe
  • Parceria entre MPT e Escritório da ONU viabilizará reforma do Centro de Pastoral para Migrantes de Mato Grosso
  • MPT e IFMT firmam parceria para implantar projeto de fazenda agroecológica
  • Grupo econômico familiar de MT é condenado a pagar R$ 6 milhões por trabalho escravo

Dia mundial da luta contra os agrotóxicos contará com evento no auditório do MPT em Mato Grosso

29/11/2018 - O Fórum Mato-Grossense de Combate aos Impactos dos Agrotóxicos realizará, na próxima terça-feira, dia 4 de dezembro, um encontro para marcar o Dia Mundial da Luta Contra os Agrotóxicos.

O evento terá início às 09h, no auditório da Procuradoria Regional do Trabalho da 23ª Região, contará com a presença do coordenador do Fórum Nacional de Combate aos Impactos dos Agrotóxicos, procurador regional do Trabalho Pedro Serafim; com o coordenador do Fórum Mato-Grossense, o procurador-chefe do MPT-MT, Marcel Bianchini Trentin; com o promotor de Justiça Marcelo Caetano, e com o professor Maelison Silva Neves, do Departamento de Psicologia da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

Fórum de Mato Grosso

O Fórum Mato-Grossense de Combate aos Impactos dos Agrotóxicos é composto de entidades da sociedade civil, instituições governamentais e não-governamentais e teve suas atividades retomadas em dezembro do ano passado. Foi criado para proporcionar, em âmbito estadual, o debate das questões relacionadas aos agrotóxicos e produtos afins, de modo a fomentar ações integradas de proteção à saúde do trabalhador, do consumidor, da população e do meio ambiente. 

Lembrança trágica*

“O dia 3 de dezembro - Dia Mundial de Luta contra os Agrotóxicos - remete ao maior acidente conhecido da indústria química, chamando a atenção para as consequências da intensa exposição ao veneno, que tem os agricultores como vítimas mais evidentes, embora persista a subnotificação.

O dia em que a cidade indiana de Bhopal foi devastada por uma nuvem de gás tóxico originada na fábrica que produzia o agrotóxico Sevin, em 1984, marcou o fim do sonho de prosperidade da região. Além dos 200 mil intoxicados e dos mais de 25 mil casos de cegueira, foram entre 4 e 10 mil mortes instantâneas. A tragédia seguiu perseguindo os sobreviventes com doenças crônicas e seus filhos com malformações congênitas.”

* Trecho do artigo de autoria dos procuradores do Trabalho Leomar Daroncho e Luísa Carvalho Rodrigues.

Imagem: Internet


Imprimir

  • banner abnt
  • banner transparencia
  • banner pcdlegal
  • banner mptambiental
  • banner trabalholegal
  • banner radio
  • Portal de Direitos Coletivos